11 de abril de 2007

Outro passeio


Penacova e meandros do rio Mondego, parte de uma espantosa vista lá de cima, do Penedo Castro.
Esta foi terra de tios e primos, tantos, que ir ali era como estar em casa...
E ainda agora, apesar de já nenhum lá estar, cada fachada me lembra alguém e o lugar ainda é meu que chegue para me saber bem por lá passar.
Linda é a vista de qualquer lado de Penacova, mas a do Penedo Castro, num dia menos fechado de nuvens do que o de hoje, é belíssima.

6 comentários:

tufa tau disse...

não conheço mas fiquei com muita vondade.
beijo

TINTA PERMANENTE disse...

E lá em baixo, do outro lado do Mondego, uma curiosa formação granítica à qual, pela sua forma bem sugestiva, lhe chamam 'livraria'; de facto aparenta uma série de lombadas de livros...
Abraços!

belakbrilha disse...

Margarida que delícia...
avó, mãe, tia, amiga, mulher, pessoa...

60 anos, que lindo!
PESSOA...e que bela pessoa deve ser

Que belo incentivo!

Obrigada!

beijos ternos

Valdomiro disse...

Através da foto, nota-se que é um lugar muito acolhedor....cercado por essas montanhas(se assim posso classificar), dá -se a impressão de estar num colo materno....
Abraços.

Anónimo disse...

Que saudades...

Sabes, é aqui em Penacova, que a minha avó paterna descansa em paz!

Um beijinho

Cile

zaratustra disse...

Penacova sempre bela. Descanso o meu interior quando lá paro na casa azul. O terraço tem uma vista fabulosa sobre o Mondego