10 de abril de 2007

Fui até Aveiro (2)

Há toda uma beleza nos nossos faróis que se repete em cada promontório da nossa costa.
Este é o da Barra.

4 comentários:

tufa tau disse...

realmente bonito!
sempre me encantei com as suas luzes na noite...
imaginei-me num barco a guiar-me por eles...

Noz Moscada disse...

sabiam que nos açores ha umas senhoras que são faroleiras, muito novas, e fizeram curso de faroleira(o) e ficam naquelas ilhas sozinhas....li à dias na visão...
gosto do seu blog, simples

TINTA PERMANENTE disse...

No primeiro quartel do século XIX foi projectado para Aveiro 'hum farol facho, com a forma de uma coluna, cuja lanterna seria um cilindro de 22 palmos de diâmetro e 10 de altura; a rotação efectuar-se-ia por um mecanismo de relojoaria e 'gastando o cylindro oito minutos em descrever hum giro completo, segue-se que neste mesmo tempo appresentará duas visoens de luz clara, cada huma de dois minutos e duas de luz córada de igual duração', como consta na proposta de Joaquim Celestino Soares, à Academia Real das Sciencias de Lisboa, em 1841!...
Um dos mais belos, sem dúvida!
Abraços!

Eliane disse...

Não conheço Aveiro... será na próxima viagem.
Portugal, tão menor que o Brasil, tem tantas coisas lindas a serem vistas que às vezes me parece que uma vida inteira seria pouco...