27 de fevereiro de 2007

Vista a descer de Idanha...


... a minha campina. Algures, lá para o fundo, a minha colina

4 comentários:

Valdomiro disse...

Uaaaau! Deve ser uma paz total residir num local assim.Esta imagem remeteu-me a minha infância( até os 12 anos de idade) morando em sítios em meio à natureza.

greentea disse...

gosto desta zona - a minha filha esteve por ai a passar uns dias no Verão passado; passo aí à porta com alguma frequencia.
Achas que poderias arranjar alguma coisa para a Amélia? O maior problema é arranjar o contrato de trabalho para se poder legalizar e tem a filha com 16 anos no 11º. Quanto às informações ela trabalha há 1,5 ano nessa empresa de limpezas q deu muito boas informações dela e a Carolina está muito satisfeita com ela.
Se houvesse alguma possibilidade de a ajudar , gostaria muito.
Um abraço para ti
(se quizeres posso deixar-te o meu mail )

TINTA PERMANENTE disse...

Um bom naco mais acima há para lá uma rua com um prédio de apartamentos: é a minha campina!

Manuel disse...

Valdomiro, aquela terra tem um encanto especial. Talvez fosse por isso que a Guida deixou para trás todas as regalias de uma cidade como Coimbra e mudou-se para lá, de armas e bagagem.
Mas este post é com a intenção de lhe dizer que "paz total" encontrei, também pela mão da Guida, a pouca distância do local dessa foto. A caminho de, e em Monsanto.
Espreite algumas fotos, de quando lá estive, na minha página.