29 de março de 2007

Eis o primogénito


Mãe e filho encontram-se bem.
(embora recusem a aproximação da pastora e se agitem tanto que nenhuma fotografia fica nítida)
Quem quiser vê-los em movimento pode espreitar aqui.
(gravado com a máquina fotográfica por uma operadora de câmara que tentava caminhar sem olhar para o chão sobre uma superfície muito irregular; dêem-lhe o devido desconto)

6 comentários:

Osório Cabral disse...

E que bem saudado que foi o rebento! Com cânticos e tudo!!!

dynossauro disse...

Ó Guida.. eu acho que era a tua sombra que os estava a assustar....lol....
Parabens pela "familia" aunentada.. só falta um não é?
Se for menino poe-lhe o nome de dynossauro...lol
Bj

Eliane disse...

Aproveitei alguns minutos de pausa pra respirar... somei a isso o colorido e a vida dessa fotografia... e vim dizer que estou viva, acho. Com tanto trabalho que chego em casa sem quaisquer condições de fazer o que quer que seja. Nem aqui tenho conseguido vir ultimamente. Espero que volte logo ao normal, porque estou com saudades.

H.M. disse...

Um dos momentos mais lindos da vida.....uma nova vida ! Emocionei- me de tanta espera ...!
Fica o obrigada a ti, pelo momento partilhado!

Beijinho
M.H.

TINTA PERMANENTE disse...

Parabéns!...
E boa horinha para o seguinte!...
Abraço!

Manuel disse...

É bem verdade que um imagem vale por 1000 palavras. Neste caso, uma sucessão de imagem valem por muitas mais.
Gostei de ver.
Abraço.