11 de junho de 2007

O meu 10 de Junho

1
Comecei pela Guarda. Ali me encontrei com a minha sobrinha "netloguiana" e, claro, depois de almoço andei a caminhar entre casas e lugares de outras eras. Onde havia eu de querer andar? :-)


2
Depois fui conhecer Valhelhas, uma aldeia nas faldas da Serra da Estrela, no vale do Zêzere. Já lá tinha passado, mas desta vez parei.
3
O açude está a ser preparado para ser fechado e, como costuma acontecer no Verão, criar uma bela piscina fluvial.


4
A água é límpida e os seixos redondos, de tanto terem rolado encostas abaixo. Uma tentação num dia de calor.



5
Na margem árvores centenárias... E um belo parque de merendas, com parque de campismo ao lado e uma esplanada de um café que há-de abrir no verão.


6
Por estas e por outras é que esta deve ser a única aldeia do interior que não está a desrtificar-se. Segundo me foi dito, os jovens que aqui jogam à malha e outros que a imagem não apanhou, não querem viver noutro lugar por nada deste mundo.

Foi um passeio lindo. Tenho de lá voltar e ficar dois dias na Residencial, que tem tudo, até internet "no ar". :-)

8 comentários:

Anónimo disse...

É por paisagens como estas que o nosso Portugal é lindo composto por gente maravilhosa que o sabe apreciar!

És uma ternura e neste teu cantinho, todas as fotografias são permitidas.

Espero-te...

Anabela

TINTA PERMANENTE disse...

De volta 'à casa no campo', o passeio foi refrescante, revigorante e, também se nota, ´novo´!
O que dá alegria aos amigos!
Abraços

Manuel disse...

Um belo conjunto de fotos sobre o teu dia de Portugal.
Valhelhas devia ser mostrada como um bom exemplo, copiada e adaptada a muitos lugares deste "delapidado" país.
Gostei de ver o lugar do teu passeio.
Abraço.

Mary Oliveira disse...

Que lindo! Deve ter sido um dia muito bom!
Abraço

Anónimo disse...

Hoje em dia não consigo viver sem estar perto do mar. Todos os dias tenho de sentir o seu cheiro, ouvir o que me dizem o murmurar das ondas enrolando na areia.
No entanto, ao ver as fotos aqui colocadas(Guarda , a cidade onde me casei, Valhelhas onde tantas tardes agradaveis passei na sua praia artificial) fiz uma viagem ao passado, recordei coisas boas da minha infância e fez despertar em mim as minhas raizes serranas.
Fiquei com muita vontade de tirar un dias e ir sentir, ver, rapreciar tudo o que há belo na minha Serra.
Origado pelas belas fotos e bons passeios.
" Um Serrano"

margarida disse...

Sendo assim, Serrano Anónimo, toma um endereço:
http://www.soadro.com/

:-) Que tenhas a sorte de dias bonitos!

Eliane disse...

Todas as fotos são bonitas, mas a 4... FANTÁSTICA!
Dá vontade de ficar descalça e ir caminhar naquela água, olhando o verde.
Adoro lugares assim, é onde meus olhos se renovam.
Beijos!

Anónimo disse...

Olá Margarida se me permites deixa-me dizer ao serrano anónimo que Valhelhas terá muito gosto em o receber.

Gostaria, apenas, de o corrigir num aspecto a praia não é artificial, pelo contrário, é bastante natural! É uma praia fluvial maravilhosa!

Beijinho grande minha querida Margarida

Anabela